Reflexões de um psicomotricista

Uma visão do processo terapêutico e as suas implicações

Dados pessoais

Contactos:

Luís Fernandes

luisfernandes4@hotmail.com

938678848

O que faço:

  • Técnico Superior de Reabilitação Psicomotora no Centro Doutor João dos Santos – Casa da Praia.
  • Técnico Superior de Reabilitação Psicomotora no PIN – Progresso Infantil (Défice de atenção e Hiperatividade, perturbações do comportamento e do Humor)

Percurso curricular:

  • Licenciatura em Reabilitação Psicomotora tirada na Faculdade de Motricidade humana (curso pré-bolonha) com qualificação de 17;
  • Participação no projecto de investigação – “Knowledge and attitudes towards Attention Deficit Hyperactivity disorder among school teachers. Exploratory analysis of Portuguese reality” financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT);
  • Desempenho de funções de monitorização e programação com 16 Horas de formação em: Desporto Adaptado;
  • Desenvolvimento do artigo de seminário – Atitudes dos pais face ao desempenho da função parental: influência do nível de instrução da mãe.”  com classificação de 19 valores (não publicado).

Outros dados relevantes:

  • Elemento integrante da equipa de Formação Parental do projecto de investigação centrado na avaliação, a nível nacional, de programas de formação parental, no âmbito do protocolo estabelecido entre a CNPCJ; o ISS-IP; a FMH-UTL; a PPCE-U.C.; a FPCE-UP; o IPP-ESE; e o IEC-UM;
  • Vencedor da Bolsa de Mérito Melhor Aluno atribuída pelo Santander Totta contemplando o reconhecimento do esforço e do trabalho desenvolvido ao longo dos anos de Licenciatura;
  • Vencedor da Bolsa de Mérito Melhor Aluno atribuída pela Faculdade de Motricidade Humana pelo esforço e trabalho desenvolvido ao longo dos anos de Licenciatura;
  • Participante no Programa de Voluntariado das “Férias Desportivas da Cruz Vermelha – 2007”, colónias de férias para crianças com necessidades especiais (80horas de voluntariado);
  • Participante há 3 anos da equipa de Voluntariado do Lar da APPACDM, Setúbal;
  • Dinamização de um Workshop e Mesa Redonda sobre “Psicomotricidade e Saúde Mental Infantil” no III Encontro Nacional de Estudantes de Reabilitação Psicomotora.
  • Monitorização e co-organização de uma unidade voluntária de apoio às crianças internadas na pediatria do Centro Hospitalar de Setúbal, EP Hospital de São Bernardo.
  • Arbitro de Nível 1 de Goalball.

9 comments on “Dados pessoais

  1. Filipa Lino
    5 de Abril de 2010

    Muitos parabéns! Excelente iniciativa. Prometo consultar com regularidade.

  2. lusfernandes
    28 de Dezembro de 2010

    Boa tarde. Sugiro que envies um mail com maior detalhe sobre o que precisas para o meu mail pessoal para que te possa ajudar.
    luisfernandes4@hotmail.com

  3. Vera Gomes
    23 de Novembro de 2011

    Boa tarde,

    estou a fazer o projecto final de curso de motricidade humana da universidade fernando pessoa e gostaria de fazer na área da psicomotricidade que é uma área que me fascina. Já faço colónias com pessoas portadoras de deficiência há +/- 8 anos e o meu estágio foi na área da psicomotricidade mas tenho pouca bibliografia, será que me podias arranjar?

    Obrigada!

  4. Cristiane Ramos
    17 de Fevereiro de 2012

    Olá,

    Meu nome é Cristiane e sou mãe de uma criança com síndrome de down. Tenho percebido que o atraso escolar do meu filho está muito relacionado à dificuldade de registro.

    Recentemente passei a ler sobre piscomotricidade, mais especificamente sobre definição da lateralidade e acho que a dificuldade de aprendizado do meu filho está relacionado com a indefinição da lateralidade.

    Bem, sou apenas mãe e não tenho conhecimento suficiente para fazer um diagnóstico, por isso eu gostaria de consultar um especialista no assunto para fazer uma avaliação. Você conhece um bom profissional em Brasília que possa me ajudar?

    Atenciosamente,
    Cristiane.

    • lusfernandes
      27 de Fevereiro de 2012

      Olá.

      Desde já obrigado por consultar o blog. eu resido em Portugal e não conheço qualquer especialista em Brasilia, no entanto, aconselho uma avaliação nessa área realizada pelo psicomotricista com vista a determinar qual a etiologia exacta das dificuldades de escrita que podem ter origem em questões múltiplas.

      Cumprimentos,

      Luís Fernandes

  5. Sofia Lourenço
    2 de Julho de 2012

    Bom dia,
    Gostava imenso de fazer voluntariado no lar APPACDM em Setúbal, onde posso me inscrever? O novo lar já tem data de inauguração?

    • lusfernandes
      9 de Outubro de 2012

      Olá Sofia.
      Não sei qual será a data de inauguração do novo lar, apenas que já foi adiada várias vezes. em relação ao voluntariado, não há local de inscrição em si, penso que bastará dirigires-te à associação e ofereceres a tua contribuição e disponibilidade.

  6. Beatriz
    18 de Setembro de 2012

    Olá! Chamo me Beatriz e sou aluna do terceiro e último ano de Reabilitação Psicomotora na FMH. Quero primeiramente dar lhe os parabéns por esta iniciativa pois tanto é preciso dar a conhecer ao mundo a nossa profissão, as nossas intenções enquantos terapeutas de Reabilitação Psicomotora, as nossas funções como também é importante que os estudantes e os já terapeutas de RP estejem sempre por dentro dos avanços ou recuos da profissão em que acreditamos e na qual nos mantemos porque acreditamos nas potencialidades da nossa profissão.
    Em segundo lugar quero perguntar lhe se está por dentro das seguintes questões: o mestrado em reabilitação psicomotora na FMH é o único que nos dá uma diferenciação perante outros colegas com outros mestrados? Que países reconhecem mesmo a nossa profissão? Não podemos trabalhar para o estado?
    Estas são dúvidas constantes principalmente agora que vou para o último ano, se me puder ajudar agradeço🙂
    p.s. a palestra que deu na FMH à dois anos para partilhar a sua experiencia profissional foi algo que inspirou muitas pessoas.Parabens!

    Cumprimentos,
    Beatriz

    • lusfernandes
      9 de Outubro de 2012

      Olá Beatriz. Desde já agradeço e peço desculpa pela resposta tardia. Acredito por convicção que se a intenção é investir no maior conhecimento da área da reabilitação psicomotora em si, o mestrado da FMH é o que melhor responde a essa necessidade, pelo quadro de professores, pela experiência na área, pelas condições que oferece. Os paises da União Europeia, na sua maioria conhecem a área mas não a têm tão desenvolvida, com excepção da França – o berço da Psicomotricidade. No entanto, por vezes somos “encaixados” dentro de outras funções que tem mais a ver como a politica de saúde e educação dos paises nos coloca. Por último, sim podemos trabalhar para o estado.

      Espero ter ajudado!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: